Clicky

Cruzadas

Cruzadas

 - Motivos
Você está aqui: Deus >> Cruzadas 2
(Leia Cruzadas Parte 1 Primeiro)

Cruzadas - Cristãs no nome, mas não em verdade
A violência e o barbarismo dos cruzados deram ao Cristianismo um mau nome. Embora possa-se debater se ir à guerra contra os invasores muçulmanos para recapturar Jerusalém e a Terra Santa pode ser justificado, de nenhum modo as ações deploráveis dos cruzados podem ser justificadas. As Cruzadas podem ter sido realizadas por aqueles que clamavam o nome de Cristo, mas eles definitivamente não seguiram o exemplo de Cristo.

Parte do problema com as Cruzadas foi a identidade de muitos dos cruzados. A maioria dos cruzados era essencialmente "a escória da terra", "o mais baixo dos baixos". Eles foram aqueles que não tinham nada a perder e supostamente tudo a ganhar. Mesmo durante as viagens pela Europa no caminho para a Terra Santa, saques, incêndios, estupros e outros atos deploráveis eram comuns. O frenesi da Primeira Cruzada até mesmo resultou no massacre de judeus na Renânia. Os cruzados justificavam o assassinato de judeus como uma vingança por eles terem matado Jesus. Milhares de judeus inocentes foram assassinados e torturados.

Quando o exército das Cruzadas foi finalmente capaz de conquistar Jerusalém, a matança foi inimaginável. Os cruzados mataram todos dentro de Jerusalém, quer fossem muçulmanos, judeus ou até mesmo cristãos. A essas alturas, o objetivo principal da Primeira Cruzada foi conquistar terras para a riqueza pessoal, e não recuperar a Terra Santa para a Igreja.

Cruzadas - Anti-bíblicas, anti-éticas e longes do modelo de Cristo
Embora as cruzadas tivessem sido encomendadas e lideradas por homens que se diziam cristãos, em nenhum sentido elas devem ser conhecidas como "cristãs". É altamente improvável que muitos dos participantes nas cruzadas verdadeiramente conheciam Jesus Cristo como Senhor e Salvador. O verdadeiro propósito de ser "cristão" foi distorcido, corrompido e humilhado pelas ações perversas de muitos dos cruzados.

As cruzadas foram brutais e perversas. Muitas pessoas foram forçadas a se "converterem" ao Cristianismo. Se recusassem, eram condenadas à morte. Isso é gravemente anti-bíblico. . . e talvez esse seja o melhor resumo da questão. O conceito de conquistar terras no nome de Jesus Cristo não é bíblico. Jesus Cristo em nenhuma parte defende guerras e violência. As cruzadas podem ter sido feitas por supostos cristãos. . . mas as ações que ocorreram nas cruzadas foram absolutamente opostas a tudo o que a fé cristã representa.

Aprenda mais sobre a história da igreja!


Gostou dessa informação? Ajude-nos ao compartilhar esse artigo com outras pessoas usando os botões dos sites sociais abaixo. O que é isso?




Siga-nos:




English  
Social Media
Siga-nos:

Compartilhar:


Discipulado

Jesus tudo pagou (Hino)
A Santa Ceia
É o batismo necessário para a salvação?
O Arrebatamento
Imagem de um Anjo
O que é Pecado
Predestinação
Maturidade Espiritual
Morte e Céu
Conteúdo adicional ...

Adoração
Comunhão
Ministério
Evangelismo
 
 
Deus existe cientificamente?
Deus existe filosoficamente?
A Bíblia é a verdade?
Quem é Deus?
Jesus é Deus?
Por que a fé cristã?
Cresça com Deus
Assuntos populares
Desafios da vida
Recuperação
 
Pesquisar
 
Add Cruzadas to My Google!
Add Cruzadas to My Yahoo!
XML Feed: Cruzadas
Deus Página principal | Sobre nós | Perguntas Frequentes | Mapa do Site
Copyright © 2002 - 2019 AllAboutGOD.com, Todos os direitos reservados.