Clicky

Movimentos para Plantar Igrejas

Movimentos para Plantar Igrejas

 
Você está aqui: Deus >> Movimentos para Plantar Igrejas

Movimentos para Plantar Igrejas – O que são?
Church Planting Movements (Movimentos para Plantar Igrejas) é o título do livro de David Garrison, da International Mission Board, no qual ele cita casos onde tem havido um crescimento rápido e exponencial de igrejas numa dada região. Depois de analisar estes casos, David Garrison apura uma série de elementos comuns encontrados em cada um. Como resultado, ele define o Movimento Plantar Igrejas (MPI) como “… um aumento rápido e multiplicativo de igrejas nativas a plantar igrejas num dado grupo de pessoas ou segmento da população.”1

    Rápido – igrejas novas começam muito mais rapidamente do que tradicionalmente.
    Multiplicativo – o número de igrejas cresce a um ritmo exponencial por multiplicação, não por adição.
    Nativas – começam dentro de uma cultura ou segmento populacional e não dependem de recursos externos para se multiplicarem.
    Igrejas plantam Igrejas – membros da igreja aceitam a responsabilidade de começar novas igrejas, não sendo necessariamente ministros de culto.

Movimentos para Plantar Igrejas – Dez Elementos Universais
Garrison encontrou dez componentes comuns a todos os Movimentos para Plantar Igrejas que estudou:

  1. Oração – havia uma urgência, uma paixão e vitalidade nas orações dos crentes.
  2. Divulgação abundante do Evangelho – os crentes usam todos os meios possíveis, incluindo imprensa, para transmitir a mensagem de Jesus ao maior número de pessoas possível, até que toda a área esteja coberta pelo Evangelho.
  3. Plantação intencional de Igrejas – como compreendem que a plantação de igrejas é a maneira mais eficaz de fazer discípulos, os líderes cristãos definem uma estratégia, partindo do pressuposto de que começar novas igrejas é o objetivo principal. Tudo o que não contribui para este objetivo é descartado.
  4. Autoridade das Escrituras – a Bíblia é traduzida para a língua materna das populações e os crentes, sem hesitar, enxergam-na – não a outros livros, apoios ou professores – como a autoridade nas suas vidas.
  5. Liderança local – são líderes locais, e não pastores, ministros ou missionários externos, que orientam o movimento e se responsabilizam por ele.
  6. Conceder liderança – os crentes compreendem que se vão alcançar a sua própria cultura para Cristo, então eles mesmos devem tomar a iniciativa por isso e não esperar que o clero profissional o faça.
  7. Igreja-célula ou igreja-casa – no MPI predominam cultos pequenos, facilmente conduzidos e reproduzíveis, feitos em casas ou na frente de lojas.
  8. Igrejas plantam igrejas – os cristãos acreditam que a reprodução de igrejas é natural e não necessitam de recursos externos para obedecer ao mandamento de Cristo de fazer discípulos.
  9. Reprodução rápida – os crentes compreendem e sentem a urgência em alcançar os seus vizinhos não-cristãos e evitar tudo o que não é essencial para plantar igrejas.
  10. Igrejas saudáveis – cada igreja tem os seguintes cinco propósitos: adoração, evangelismo, discipulado, ministério e comunhão.

Movimentos para Plantar Igrejas – Como Evitá-los!
Talvez mais importante do que os crentes fazem nos Movimentos para Plantar Igrejas seja o que eles não fazem. Garrison enumera as seguintes práticas que impedem o começo de um MPI ou acabam por destruir o progresso de um MPI:

  • Colocar requisitos que não são bíblicos (local, edifício, equipe contratada, burocracias, número mínimo de crentes, etc.) como condição para começar novas igrejas.
  • Fazer com que as novas igrejas abandonem a língua, a cultura, os trajes, a música, as formas de arte locais para se adaptarem aos padrões externos.
  • Encorajar novos crentes a imitar os comportamentos mundanos, imorais e maus de outros supostamente cristãos da sua comunidade.
  • Usar modelos de igrejas (edifícios dispendiosos e programas que requerem muitas pessoas) que necessitam de recursos, equipes e fundos externos para a sua manutenção.
  • Usar grandes quantidades de fundos externos e manter os novos crentes e igrejas dependentes deles.
  • Colocar requisitos extra-bíblicos aos líderes, como exigir que tenham um curso de teologia ou que tenham frequentado programas de formação intensiva, antes de poderem liderar a igreja.
  • Assegurar-se que tudo acontece numa ordem sequencial. Nunca considerar, por exemplo, que o processo de fazer discípulos até pode começar antes da sua conversão a Cristo.
  • Plantar igrejas estéreis. Não esperar que ocorra reprodução e, de certa forma, transmitir aos crentes e igrejas que a multiplicação não seja algo normal.
  • Assegurar-se que há uma estratégia pré-fabricada para a plantação de igrejas, de forma a evitar flexibilidade e dependência da orientação do Espírito Santo.
Por que devemos ajudar a sustentar Movimentos para Plantar Igrejas? Devemos fazer tudo o que pudermos para que o movimento cresça porque representa a intenção que Deus tem desde o início para a Sua Igreja, e porque é a nossa melhor esperança de cumprir a Grande Comissão de Cristo de “fazer discípulos de todas as nações” (Mateus 28:18-20)

Saiba Mais!

1 David Garrison, Church Planting Movements: How God is Redeeming a Lost Word (Midlothian, VA: WIGTake Resources, 2004), p. 21.


Gostou dessa informação? Ajude-nos ao compartilhar esse artigo com outras pessoas usando os botões dos sites sociais abaixo. O que é isso?




Siga-nos:




English  
Social Media
Siga-nos:

Compartilhar:


Ministério

Tutoria Cristã
Igreja em Casa
Esposas de Pastores
Movimentos para Plantar Igrejas
Ministério de Homens
Plantar Igrejas
Estudos Bíblicos para Homens
Conteúdo adicional ...

Adoração
Comunhão
Discipulado
Evangelismo
 
 
Deus existe cientificamente?
Deus existe filosoficamente?
A Bíblia é a verdade?
Quem é Deus?
Jesus é Deus?
Por que a fé cristã?
Cresça com Deus
Assuntos populares
Desafios da vida
Recuperação
 
Pesquisar
 
Add Movimentos para Plantar Igrejas to My Google!
Add Movimentos para Plantar Igrejas to My Yahoo!
XML Feed: Movimentos para Plantar Igrejas
Deus Página principal | Sobre nós | Perguntas Frequentes | Mapa do Site
Copyright © 2002 - 2017 AllAboutGOD.com, Todos os direitos reservados.