História de Lúcifer

História de Lúcifer

 - História de Orgulho
Você está aqui: Deus >> História de Lúcifer

História de Lúcifer - Sua Origem
Dirigimo-nos ao Antigo Testamento para encontrar a história de Lúcifer. No hebraico, o nome Lúcifer é traduzido da palavra hebraica "helel", que significa brilho. Esta designação, referindo-se a Lúcifer, é a tradução da "estrela da manhã" que se apresenta em Isaías. "Como você caiu dos céus, ó estrela da manhã, filho da alvorada! Como foi atirado à terra, você, que derrubava as nações! Você que dizia no seu coração: ‘Subirei aos céus; erguerei o meu trono acima das estrelas de Deus; eu me assentarei no monte da assembleia, no ponto mais elevado do monte santo. Subirei mais alto que as mais altas nuvens; serei como o Altíssimo’" (Isaías 14:12-14) .

O contexto dessa passagem é uma referência ao rei da Babilônia, tal como apresentado em seu orgulho, esplendor e queda. No entanto, é ao poder por trás do perverso rei da Babilônia que esta passagem realmente se refere. Nenhum rei mortal afirmaria que o seu trono era superior ao de Deus ou que ele era semelhante ao Altíssimo. O poder por trás do perverso rei da Babilônia é Lúcifer, o Filho da Manhã.

História de Lúcifer - Sua História
Lúcifer é apenas um outro nome para Satanás, o qual, como o chefe do sistema mundial do mal, é o real, embora invisível, poder por trás dos sucessivos governantes de Tiro, Babilônia, Pérsia, Grécia, Roma e de todos aqueles governantes perversos que têm aparecido ao longo da história do mundo. Essa passagem vai além da história humana e marca o início do pecado no universo e da queda de Satanás nas esferas primitivas e sem pecado antes da criação do homem.

Vemos também este mesmo motivo em Ezequiel: "Esta palavra do Senhor veio a mim: Filho do homem, erga um lamento a respeito do rei de Tiro e diga-lhe: Assim diz o Soberano Senhor: Você era o modelo de perfeição, cheio de sabedoria e de perfeita beleza. Você estava no Éden, no jardim de Deus; todas as pedras preciosas o enfeitavam: sárdio, topázio e diamante, berilo, ônix e jaspe, safira, carbúnculo e esmeralda. Seus engastes e guarnições eram feitos de ouro; tudo foi preparado no dia em que você foi criado. Você foi ungido como um querubim guardião, pois para isso eu o determinei. Você estava no monte santo de Deus e caminhava entre as pedras fulgurantes. Você era inculpável em seus caminhos desde o dia em que foi criado até que se achou maldade em você. Por meio do seu amplo comércio, você encheu-se de violência e pecou. Por isso eu o lancei em desgraça para longe do monte de Deus, e eu o expulsei, ó querubim guardião, do meio das pedras fulgurantes. Seu coração tornou-se orgulhoso por causa da sua beleza, e você corrompeu a sua sabedoria por causa do seu esplendor. Por isso eu o atirei à terra; fiz de você um espetáculo para os reis. Por meio dos seus muitos pecados e do seu comércio desonesto você profanou os seus santuários. Por isso fiz sair de você um fogo, que o consumiu, e eu reduzi você a cinzas no chão, à vista de todos os que estavam observando. Todas as nações que o conheciam ficaram chocadas ao vê-la; chegou o seu terrível fim, você não mais existirá" (Ezequiel 28:11-19).

Esta passagem aparenta se dirigir ao "rei de Tiro". Na realidade, vai além do rei ao que realmente está por trás do perverso rei de Tiro. Esta passagem também tem profecias próximas e distantes sobre Lúcifer/Satanás porque, embora o seu final seja garantido, não aconteceu ainda e ocorrerá apenas após o julgamento final (Apocalipse 20:7-10). Tanto na passagem de Isaías quanto na de Ezequiel, a representação não é uma de Lúcifer/Satanás confinado em sua própria pessoa, mas sim de seu trabalho e da consumação de seus planos através de reis e governantes terrenos que tomam para si honras divinas e que, quer saibam ou não, reinam no espírito e sob os objetivos de Satanás. "pois a nossa luta não é contra pessoas, mas contra os poderes e autoridades, contra os dominadores deste mundo de trevas, contra as forças espirituais do mal nas regiões celestiais" (Efésios 6:12). Satanás é o principado por trás dos poderes deste corrupto sistema mundial.

Observe a afirmação dada na passagem em Ezequiel: "o querubim ungido". Estas declarações nunca poderiam ser aplicadas a um rei humano, mas se aplicam a Lúcifer/Satanás, o qual está por trás do rei humano. Este anjo é a mais alta criatura que o Senhor já criou. O Senhor diz dele: "Você era o modelo de perfeição, cheio de sabedoria e de perfeita beleza." Satanás era a mais sábia criatura que Deus criou. Nenhum outro anjo e nenhum outro ser foram criados com a inteligência que Deus deu a essa criatura. Deus diz que essa criação é "de perfeita beleza". Aparte da Santíssima Trindade, Pai, Filho e Espírito Santo, esta criatura é hoje o ser mais elevado.

Ezequiel 28:14 diz: "Você foi ungido como um querubim guardião." Isto nos diz que não estamos falando de um rei humano. A palavra querubim é singular. Os querubins são simbólicos da santa presença de Deus e da Sua majestade inacessível. Eles ocupam uma posição singular. O "querubim ungido que cobre" é a imagem que nos foi dada no Jardim do Éden após Adão e Eva terem sido expulsos e Deus ter colocado querubins para guardar o caminho da árvore da vida. Além disso, quando Moisés fez o propiciatório e o colocou no Santo dos Santos do Tabernáculo, a glória de Deus veio e habitou entre os querubins. Eles "cobriam" o propiciatório com suas asas. Assim, vemos agora que Satanás era um querubim e que tinha a posição de guardar o trono do próprio Deus e proteger a Sua santidade. Satanás tinha a mais elevada de todas as posições, o que desprezou e perdeu. Temos aqui em Ezequiel uma imagem da mais elevada das criaturas de Deus, perfeito em sabedoria, de beleza indescritível, um músico e, além de tudo isso, foi-lhe dada esta posição elevada e exaltada. Entretanto, esta criação, com todos esses atributos maravilhosos, também tinha o livre-arbítrio. Um dia, Deus diz a esta criatura maravilhosa: "você encheu-se de violência e pecou."

História de Lúcifer – Seu Estado Atual
Que tipo de iniquidade foi achada nele? No livro de Ezequiel, Deus nos permitiu acompanhá-lo desde o início e ver a origem e criação de Satanás. Entretanto, por que Deus disse isso? Qual foi essa iniquidade? Devemos regressar a Isaías 14:12, a qual nos fala da escolha de Lúcifer/Satanás. “Subirei aos céus; erguerei o meu trono acima das estrelas de Deus; eu me assentarei no monte da assembleia, no ponto mais elevado do monte santo. Subirei mais alto que as mais altas nuvens; serei como o Altíssimo.” Você notou nesta passagem todas as suas vontades? Ele disse que ergueria o seu trono acima das estrelas de Deus. A palavra “estrelas” aqui não se refere ao que vemos no céu noturno, mas aos anjos de Deus. Em outras palavras, ele estava dizendo: “Tomarei posse do céu, serei como Deus”. Esse foi o pecado de Lúcifer/Satanás e a iniquidade encontrada nele. Ele não quer ser um servo de Deus e nem fazer o que foi criado para fazer. Ele quer ser servido e há milhões de pessoas que optaram por fazer exatamente isso: servi-lo. Essas pessoas escutaram as suas mentiras e escolheram segui-lo. Eva acreditou na mentira de que seria como Deus. Lúcifer/Satanás a tentou com isso por ser exatamente o que ele também queria – ser Deus.

Aprenda mais sobre a batalha espiritual!


Gostou dessa informação? Ajude-nos ao compartilhar esse artigo com outras pessoas usando os botões dos sites sociais abaixo. O que é isso?




Siga-nos:




English  
Social Media
Siga-nos:

Compartilhar:


Discipulado

História de Satanás
História de Lúcifer
O Diabo é real?
Halloween Cristão
O Inferno Existe
Origens do Halloween
Combatendo Tentações
Conteúdo adicional ...

Adoração
Comunhão
Ministério
Evangelismo
 
 
Deus existe cientificamente?
Deus existe filosoficamente?
A Bíblia é a verdade?
Quem é Deus?
Jesus é Deus?
Por que a fé cristã?
Cresça com Deus
Assuntos populares
Desafios da vida
Recuperação
 
Pesquisar
 
Add História de Lúcifer to My Google!
Add História de Lúcifer to My Yahoo!
XML Feed: História de Lúcifer
Deus Página principal | Sobre nós | Perguntas Frequentes | Mapa do Site
Copyright © 2002 - 2014 AllAboutGOD.com, Todos os direitos reservados.