Clicky

Aprendendo a Perdoar

Aprendendo a Perdoar

 
Você está aqui: Deus >> Aprendendo a Perdoar

Aprendendo a Perdoar - Perdão não é Inerente
Aprender a perdoar implica que o perdão seja um processo aprendido, não uma resposta automática. Nossa natureza pecaminosa (nossa carne) tem uma alta resistência a deixar ofensas de lado, pois prefere tomar uma ofensa e usar a energia que essa ela traz consigo, em todos os sentidos negativos. Cada parte de nossa mente não-renovada, nossa mente carnal, tem uma preferência de se apegar a uma ofensa, uma propensão para guardar rancor e procurar o seu próprio senso de justiça. Dentro da mente carnal, a retaliação é muito frequentemente não uma opção, mas uma força motriz que busca a vingança! A nossa carne, em seu estado não renovado, desenfreado, sem iluminação e entendimento, prefere ser o juiz, júri e o executor da punição, mesmo quando o agressor somos nós mesmos.

Aprendendo a Perdoar – Baseado em Cristo
Aprender a perdoar só pode ser alcançado depois de termos aceitado totalmente nosso Senhor Jesus Cristo como Salvador , caso contrário estamos agindo simplesmente de acordo com a nossa carne. Embora possamos aprender a "perdoar e esquecer" em um nível carnal como uma boa ação, o verdadeiro perdão surge do Espírito de Cristo dentro de nós. Até a nossa mente ser renovada, até sermos iluminados pelo Espírito Santo, ainda há uma resistência, uma inimizade entre nós e Deus que regerá todas as nossas decisões (Romanos 12:2, Tito 3:3-5).

Aprendendo a Perdoar - Reconhecendo o "Velho Homem" Dentro de Nós
Aprender a perdoar começa com a compreensão do que Deus diz na Bíblia sobre o perdão. Parte do nosso processo de aprendizagem inclui tomar a consciência de que nossa carne é verdadeiramente hostil a Deus e precisa ser trazida sob autoridade e retreinada. Nosso "velho homem" deve ser reposto com um "homem novo" em seu lugar (Efésios 4:22,24; Colossenses 3:10-25). Segundo a Escritura, nós é quem devemos eliminar o velho e aprender de Deus e escolher Seus caminhos. Felizmente não temos que tomar essas decisões sozinhos porque Deus, nosso Pai, enviou o Seu Espírito para nos ajudar. O Espírito reside dentro de nós e nos ensina (João 14:26). Deus também nos deu a Sua Palavra infalível, a Bíblia, para nos ensinar a perdoar.

Aprendendo a Perdoar - Uma História Pessoal
Houve um tempo em minha vida quando estava extremamente irritado com meu pai. Ele tinha, na minha opinião, feito algo incapaz de ser perdoado. Eu sabia o que a Bíblia diz. Também sabia todas as razões por que devemos perdoar, mas a realidade era que eu simplesmente não acreditava que o perdão era abrangente. A minha ira e julgamento realmente estavam acabando com a minha vida. Um dia eu disse ao Senhor: "Não acredito que o perdoaste. Não acredito que possas amá-lo tanto. Ele foi longe demais! Se o amas e perdoas, mostre-me e considerarei perdoá-lo também." Meus pensamentos imediatamente se focalizaram em uma noz-pecã. Quase podia sentir a dureza da casca, mas sabia que dentro dela o fruto era suave, flexível e delicioso. Enquanto continuava considerando essa noz, de repente me dei conta do fato de que a casca dura era uma representação da casca que o pecado coloca ao nosso redor, enquanto que o fruto permanece intacto dentro dela, sendo capaz de dar mais fruto e alimentar outras pessoas quando a sua casca é removida.

Meu espírito compreendeu o que o Senhor estava me mostrando. A casca representava o coração endurecido do meu pai e seu estilo de vida alterado pelo pecado. De repente, compreendi o perdão e a cura da perspectiva de Deus. Compreendi pela primeira vez que Deus amava o meu pai por quem ele era, não pelo que tinha se tornado. Deus enxergava através da casca e o Seu amor focalizava-se em quem Ele havia criado o meu pai para ser. Deus reconhecia que as ações de meu pai eram dirigidas pelo pecado. Lucas 23:34 ecoou pela minha cabeça: "Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem."

Percebi que precisava separar as ações de meu pai do seu ser e entendi que, como Jesus, eu podia perdoar o homem sem desculpar suas ações. De repente, eu não precisava considerar se perdoaria o meu pai, não era nem mesmo uma questão de quando, a resposta foi imediata. Deus usou uma noz-pecã para a minha lição de "aprender a perdoar". Ele completou o Seu processo em mim e aprendi uma lição duradoura.

Oro para que a próxima vez que você vir uma noz com casca, Deus usará isso para solidificar a sua compreensão do perdão, assim como fez por mim. Encorajo-os a se examinar. Peça ao Senhor que revele qualquer casca que talvez tenha se formado ao seu redor e, se você perceber que há uma, peça a Ele para quebrá-la e ajudá-lo a tornar-se tudo o que Ele o criou para ser!

Compreenda o perdão de Deus!


Gostou dessa informação? Ajude-nos ao compartilhar esse artigo com outras pessoas usando os botões dos sites sociais abaixo. O que é isso?




Siga-nos:




English  
Social Media
Siga-nos:

Compartilhar:


Comunhão

Perdoar a Si Mesmo
Amizade Verdadeira
Aprendendo a Perdoar
Perdão de Deus
Amor Cristão
Companheirismo
Perdoando Outras Pessoas
Companheirismo Cristão
Ame o Teu Próximo
Conteúdo adicional ...

Adoração
Discipulado
Ministério
Evangelismo
 
 
Deus existe cientificamente?
Deus existe filosoficamente?
A Bíblia é a verdade?
Quem é Deus?
Jesus é Deus?
Por que a fé cristã?
Cresça com Deus
Assuntos populares
Desafios da vida
Recuperação
 
Pesquisar
 
Add Aprendendo a Perdoar to My Google!
Add Aprendendo a Perdoar to My Yahoo!
XML Feed: Aprendendo a Perdoar
Deus Página principal | Sobre nós | Perguntas Frequentes | Mapa do Site
Copyright © 2002 - 2017 AllAboutGOD.com, Todos os direitos reservados.